Palavras soltas

Escrevo para mim, para você e para quem desejar sentir por meio dessas palavras imaculadas a imensidão do meu silêncio. Escrevo, pois no fundo, o que me resta são frases compostas de desejos reprimidos e pensamentos libertários. Não minto, sou somente aquilo que sinto e que poucos podem entender.

Escrevo ao mundo, ao vazio e a esse destino que ama brincar de malabarismo com a vida alheia.

Escrevo e talvez isso seja meu manifesto, meu grito. Talvez isso te faça entender que o meu conceito de felicidade se resume aos abraços, sorrisos certos, amigos que não esqueçam de estar por perto e amores que queiram ficar não somente por uma noite, mas por manhãs infinitas.

Stephane Paula

 

Publicado por

Stephane Paula

Oi, sou a Stephane Paula, jornalista. Nasci em Brasília, em 1990 e moro na Noruega. Já trabalhei em redação de jornal e como assessora de imprensa em algumas agências de comunicação no Brasil. Tenho interesse em diferentes tipos de assuntos. Amo escrever e coleciono textos que fiz ainda na infância. Seja sobre a vida cotidiana, assuntos políticos, filosóficos ou científicos o meu objetivo é sempre o mesmo, e está atrelado à tentativa de olhar o mundo com mais profundidade. Sou apaixonada por livros, pessoas e céu cinzento. Queria ter a capacidade de falar todas as línguas do mundo. Sou quieta de vez em muito, acredito que a introspecção é a melhor ferramenta para refletir sobre a vida e à si próprio.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s